sábado, 27 de abril de 2013

O quê é o MIPCPE ?


Há algumas semanas, muitos companheiros ASP´s estão se perguntando:      
1) O quê é esse MIPCPE?
2) O que os Agentes Penitenciários da PCPE (turmas de 1994, 1998 e 2009) querem com isso?
3) Por que o SINDASP afirmou que não vai se opor ao trabalho a ser desenvolvido pelo MIPCPE?
4) Quais os planos que o MIPCPE reserva para nós?
SEGUIREMOS PARA AS RESPOSTAS
1) A associação do Movimento Independente dos Policiais Civis de Pernambuco - MIPCPE é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, com sede em Caruaru/PE, e que tem por finalidade congregar, reunir, os policiais civis do estado e defender os seus direitos e interesses. Para o MIPCPE, são considerados sócios efetivos todos os Policiais Civis de Carreira do Estado de Pernambuco em atividade ou aposentados. O Presidente da associação é o Escrivão Diego de Almeida Soares, que se tornou servidor público do estado há cinco anos;  
2) Muitos Agentes Penitenciário da PCPE se filiaram no mês de março, mas não interessados nos benefícios de um ótimo escritório jurídico, nos mais de 300 convênios e nem na carteirinha de associado. O intuito deles era saber o real interesse de o MIPCPE estar filiando os Agentes Penitenciários em seu corpo. Daí a surpresa. O MIPCPE acompanha o que se passa na nossa categoria, e conhece da nossa identidade policial. Foi então que os ASP-PCPE mais antigos e sabedores da causa explanaram para o Presidente do MIPCPE o “trajeto” e o descaso vivido pela nossa categoria, em razão de administrações passadas, e foi então que o MIPCPE se prontificou, desde já, em “recuperar” o nosso status de policial civil, como sempre fomos, pois o Movimento Independente da Polícia Civil nasceu com esse propósito: congregar;
3)  O SINDASP sempre soube que temos uma identidade policial civil, mas não possuía um “feedback” por parte do SINPOL-PE, em nos apoiar na recuperação do nosso status (identidade funcional). Foi então que vários ASP-PCPE, inconformados com a situação vivida, apresentaram o MIPCPE aos membros do SINDASP, pois boa parte dos demais policiais civis de Pernambuco nos apóia, e querem contar conosco em seus quadros, visto a suma importância do trabalho do ASP-PCPE, seja ele nas unidades prisionais ou no seu setor de inteligência;
4)  O MIPCPE planeja, primeiramente, divulgar aos órgãos policiais e civis, governo e sociedade, sobre as atribuições dos Agentes Penitenciários da PCPE e a nossa condição de policial. Além disso, deseja colocar na nova Lei Orgânica da PCPE, que está em fase de elaboração, a nossa categoria, como assim ocorreu no ano de 2006, para, desse modo, acabar com qualquer “dúvida” a cerca da nossa identidade e das nossas prerrogativas.
No mais, é importantíssimo nos unirmos para essa “batalha final”, ajudando uns aos outros, e ao MIPCPE, para que alcancemos essa vitória e encerrarmos esse “descaso eterno” para com a nossa categoria, injustamente rotulada por adjetivos pejorativos e mal valorizada, mesmo sendo a 2ª profissão mais perigosa e estressante do mundo, conforme disse a Organização Internacional do Trabalho – OIT.
“Quem não é visto não é lembrado”

VEJA O SITE DO MIPCPE clicando em MIPCPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário